Obras do acervo do Município compõem exposição coletiva no Espaço da Arte Univali

 


Obras do acervo da Fundação Cultural de Itajaí e da Fundação Genésio Miranda Lins compõem a exposição "Sensibilidades: a poiese da arte ecoespiritual", que abre para visitação nesta quarta-feira (09), às 17h, no Espaço da Arte Univali, no Campus Itajaí. A mostra faz parte da programação cultural do 3º Congresso Internacional de Políticas Públicas para a América Latina (CIPPAL), promovido pelo Mestrado de Gestão de Políticas Públicas da Univali, e segue aberta à visitação gratuita até o dia 07 de dezembro.


Os trabalhos expostos são de autoria dos artistas Dide Brandão, Buy Chaves, Augusto Raio, Marcia d'Ávila e Magru Floriano. Maria Glória Dittrich, Eliezer Patissi e Vanderléa Ana Meller assinam a curadoria da mostra. Já o Espaço da Arte Univali tem como curadora a professora Ane Fernandes, com a curadoria adjunta de Luciana Knabben.




“A exposição é um convite à reflexão sobre a condição humana na contemporaneidade. Ela registra em cada obra a importância da arte como mediadora para despertar a sensibilidade humana para o belo, o bom, o justo e o verdadeiro na preservação do patrimônio cultural material e imaterial. É a memória de um povo que constrói o futuro da educação, da política, da economia, do meio ambiente com mais paz e prosperidade”, ressalta Maria Glória Dittrich, coordenadora do Mestrado de Gestão de Políticas Públicas e uma das organizadoras e curadora da mostra.

Serviço:
Exposição "Sensibilidades: a poiese da arte ecoespiritual"
Abertura: 09 de novembro, às 17h
Local: Espaço da Arte Univali – Rua Uruguai, 458, Centro – Anexo à Reitoria
Visitação: Até 07 de dezembro

Entrada franca e aberta à comunidade